Publicado em 09.11.2018 - Notícias - Sem comentários

DSC_0380

Os jovens cientistas do Colégio São José foram destaque na Feira Virtual de Ciências do Portal Educacional. O projeto “Automação na captação de energia solar”, dos alunos João Gabriel Fagundes e Luis Eduardo Lino, conquistou o primeiro lugar na categoria Votação Oficial; o trabalho “Membrana de absorção rigorosa”, do estudante Pedro Doleske, conquistou o 3º lugar na Votação Popular; e as alunas Érika Boeira e Inara Cavalheiro conquistaram vaga na Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace) com o projeto “Cadeirantes: uma proposta para facilitar o acesso em prédios históricos”.

Os alunos competiram com mais de 200 trabalhos de estudantes de vários estados do Brasil. A competição durou três meses, envolvendo etapas de apresentação do tema, desenvolvimento do trabalho, avaliação técnica e popular. Segundo a orientadora dos jovens cientistas, Elisa Alves, esse tipo de iniciativa incentiva os alunos a se interessarem mais pela ciência. “Desenvolve neles o raciocínio lógico e senso crítico, por meio do ‘aprender fazendo’”, comenta.

A orientadora conta que os dois projetos escolhidos pelo júri técnico – dos alunos João Gabriel Fagundes, Luis Eduardo Lino, Érika Boeira e Inara Cavalheiro – se destacaram pela relevância dos temas escolhidos. Sobre o trabalho das alunas, em especial, a professora destaca: “Acredito que elas conquistaram vaga em uma das maiores feiras de ciência do Brasil por integrarem os temas tecnologia e inclusão social”.

Elisa ressalta que ver as alunas se destacarem é motivo de muito orgulho e realização tanto profissional quanto pessoal. “O que mais me impressiona é que elas de fato se preocupam em usar o trabalho delas para o bem comum. Quando participamos da Mostrarob, elas receberam a visita de vários cadeirantes que se mostraram interessados e satisfeitos com a proposta, pois realmente faria diferença na vida deles”, conta. No próximo ano, o projeto das alunas também participa da Feira Mineira de Iniciação Científica (Femic).